BLOG Psicoterapia: o que é, como funciona e quais os benefícios?

Psicoterapia: o que é, como funciona e quais os benefícios?

Publicado em 10/08/2021

A palavra Psicoterapia tem origem grega, Psykhé significa mente, e Therapeia significa ato de curar ou de reestabelecer algo que foi perdido. Desse modo, a psicoterapia é um tratamento que tem como finalidade curar ou tratar doenças mentais, transtornos psicológicos e emocionais e reestabelecer a saúde mental das pessoas.

A Psicoterapia pode ser praticada tanto por psicólogos, como psiquiatras desde que possuam devida capacitação técnica e teórica. É um processo destinado a qualquer pessoa que esteja em sofrimento psicológico ou que deseja melhorar aspectos emocionais. Independente da razão que tenha motivado o paciente a buscar a psicoterapia ele encontrará nela uma aliada no processo transformações significativas para sua vida.

No ambiente terapêutico a pessoa poderá encontrar um espaço seguro, sigiloso e profissional para compartilhar suas dores e angústias, bem como buscar melhorias em aspectos da sua vida que não estejam de acordo com seus desejos.




Alguns dos motivos mais comuns que levam as pessoas a buscar psicoterapia são:

  • conflitos familiares ou conjugais;
  • problemas no trabalho;
  • sentimento de tristeza ou solidão;
  • problemas financeiros;
  • stress;
  • ideação suicida;
  • dificuldade em resolver problemas;
  • infidelidade conjugal;
  • separação;
  • problemas com álcool ou outras drogas;
  • insônia.
Além destes algumas patologias como depressão, ansiedade, bournout, compulsão alimentar, transtorno bipolar, esquizofrenia, autismo, síndrome de asperger, transtorno do déficit de atenção com hiperatividade (TDAH), transtornos de personalidade, transtornos de humor, transtorno obsessivo compulsivo (TOC), estresse pós-traumático (TEPT), entre outros.

Apesar de, normalmente, a busca da psicoterapia acontecer quando a pessoa já está vivendo algum conflito, ela não tem apenas essa função. Mesmo pessoas que estão saudáveis, mas que desejam melhorar alguma área da sua vida, encontrarão neste processo uma ferramenta poderosa de desenvolvimento pessoal.

Existem vários tipos de abordagens utilizadas pelos profissionais que trabalhar em psicoterapia dentre elas existem as abordagens Sistêmica, Terapia Cognitivo-Comportamental, Psicanálise, Psicoterapia Junguiana, Psicoterapia Lacaniana, Gestalt Terapia, Humanista, Psicodrama, entre outras.

Uma das principais ferramentas utilizadas na psicoterapia é a fala, por meio da qual o paciente pode expressar seus sentimentos, pensamentos, conflitos, desejos, etc. Sendo assim, é fundamental que o paciente se sinta à vontade para poder se expressar. O profissional, por meio de técnicas, reflexões e questionamentos, buscará junto ao paciente encontrar as origens e causas do sofrimento, bem como identificar comportamentos que se repetem ao longo da vida, para auxiliá-lo na sua demanda.

Um fator importante no processo de psicoterapia é a empatia e a segurança no profissional escolhido. Isso será determinante na evolução e bem estar do paciente. Quanto mais o paciente se sente acolhido e confiante no processo, maior será sua disponibilidade para falar de si, trazer lembranças e memórias que acreditava ter esquecido, mas que de uma forma ou outra estavam influenciando na vida de hoje, podendo dar um novo significado, compreendendo melhor a si e aos outros ao seu redor.

Não é raro que nas primeiras sessões haja algum desconforto para falar de temas que muitas vezes nunca foram abordados com nenhuma outra pessoa, mas com o decorrer das sessões a maioria das pessoas já está mais aberta e conhecendo um pouco mais sobre si, permitindo-se acessar sua história.

Normalmente a frequência do acompanhamento é semanal, para que aos poucos sejam quebradas as barreiras e as resistências, e para que o tratamento possa se dar de maneira mais efetiva. As sessões duram em média de 50 minutos em se tratando de psicoterapia individual, e 1h20min em psicoterapia de casal e família, podendo se estender um pouco mais dependendo da situação da sessão.

Alguns benefícios da psicoterapia são:


  • Autoconhecimento;
  • Aprender a se colocar em primeiro lugar;
  • Fortalecimento emocional;
  • Contato com suas emoções e pensamentos;
  • Autocontrole;
  • Compreender suas habilidades e pontos a serem melhorados;
  • Aprender a se relacionar melhor consigo e com os outros;
  • Fazer escolhas profissionais e pessoais mais conscientes e condizentes com os princípios individuais;
Empoderamento.

É fundamental para que o processo de psicoterapia evolua que o paciente esteja disposto e deseje acessar a si mesmo e a sua história de vida. Quanto mais disponível ao autoconhecimento, melhor será a evolução. Não é possível determinar um prazo para que o acompanhamento tenha um fim, algumas pessoas buscam o acompanhamento por uma demanda específica, problemas imediatos e ao resolver essa questão tem alta, já outras pessoas desejam elaborar conflitos mais complexos e optam por um acompanhamento de longo prazo.

Decidir iniciar um tratamento psicológico é um grande investimento em si, sendo que quem consegue entrar no processo verdadeiramente é capaz de se tornar uma pessoa mais consciente de si e suas escolhas, mais feliz, e com maior capacidade para lidar com conflitos futuros.


Se está em dúvida sobre como proceder, então, entre em contato conosco

A Psiquiatria Geriátrica Allan Kardec e uma unidade da Fundação Allan Kardec que realiza mais 70 mil internações/ano em Franca e região.

Se preferir, envie um e-mail para: [email protected] ou (16) 3713-0200





Eliza Inaê
Suzane Busatta Ignachewski
Psicóloga (Unicentro - Universidade Estadual do Centro Oeste);
Residência Integrada Multiprofissional em Atenção a Saúde Oncológica pelo HE - UFPel;
Pós-graduada em Psicoterapia de Orientação Psicanalítica pela Unochapecó;
Formação em Psicoterapia Sistêmica individual, de casal e família.
Instagram